Miopia

Na miopia, a distância entre a córnea e a retina é grande, o olho é mais longo. Assim, a imagem se forma antes da retina. O míope, então, vê bem de perto e enxerga mal de longe.

Os primeiros sinais, você franze os olhos para enxergar com mais nitidez objetos à longa distância? Encontra seus amigos na rua sem tê-los reconhecido à princípio? Perde o taxi por só reconhecê-lo já passando por você? Seu filho, ainda criança, escreve com o nariz colado no caderno? Esses podem ser sinais de miopia. Dificuldade de ver de londe é a queixa mais frequente.

Hipermetropia

É um erro de refração que faz com que a imagem seja focada atrás da retina. Dessa forma, a capacidade refratária é alterada em relação aos olhos com visão normal.

A hipermetropia causa dificuldade para enxergar objetos próximos e principalmente para leitura de textos. Enquanto jovem, o paciente com hipermetropia tem boa visão de longe, pois se seu grau não for muito elevado é naturalmente corrigido pelo aumento do poder do cristalino, em um processo chamado de acomodação. Porém, com a idade esta capacidade diminui e o hipermetrope passará a ter dificuldade na visão de perto e posteriormente de longe.

Astigmatismo

Astigmatismo é uma imperfeição comum, leve e facilmente tratável na curvatura do olho. A maior parte do poder de foco no olho ocorre ao longo da superfície frontal, chamada córnea. A próxima estrutura envolvida na focagem é o cristalino, lente que fica atrás da iris no interior do olho.

Presbiopia

Presbiopia é a piora de visão normal que ocorre com o avançar da idade, quando os olhos lentamente perdem a capacidade de focalizar objetos muito próximos. Também chamada de vista cansada, a presbiopia em geral começa aos 40 anos de idade e acabará acometendo todas as pessoas até os 50 anos em algum grau.

A presbiopia ocorre em um processo natural de envelhecimento do corpo. O cristalino é uma estrutura semelhante a uma lente, que muda sua forma para melhorar a focalização das imagens, principalmente ao enxergar algo próximo.

Conjuntivite

Conjuntivite é a inflamação de uma fina membrana que recobre a parte branca do olho e a parte interna das pálpebras. A conjuntivite pode ser viral, bacteriana ou alérgica. Pode atacar um só ou ambos os olhos e durar de três a trinta dias.

Como é transmitida? Não se pega conjuntivite pelo ar. A transmissão acontece de pessoa para pessoa, através do contato das MÃOS com objetos contaminados, como toalhas, travesseiros, lenços, copos, maquiagem, revistas e jornais, por exemplo.